YouTube-playlist.png

LIVES

YouTube-(3).png

A história do Forró na Casa do SambaAqui

O Forró conheceu a Casa do SambaAqui em 2014, quando o grande forrozeiro e visionário Paulo César Cardoso apresentou a banda Erva Rasteira para o pessoal da Casa. nascia aí uma parceria que duraria anos e que até hoje permanece guiando as pernas do Forró de Sambaqui.

O projeto “Forró de Domingo” surgiu dessa parceria inicial, onde todos os domingos o trio Erva Rasteira (na época composto por Henrique Soares, Marcos Lelê e Andrey Góes) subia ao minúsculo palco, muitas vezes acompanhados de outros músicos convidados, bandas inteiras, ou atrações culturais, para trazer muita alegria e suor ao grande público. Hoje, após alguns anos, o projeto mudou de nome, de dia, de horário e de programação.

O nome passou a ser “Forró de Sambaqui”, a data mudou para as sextas e sábados, passamos a contar com as aulas de dança, o horário de início passou a ser 23h e a programação varia entre as diversas bandas produzidas pelo Coletivo Forró Catarina.

Em dezembro de 2018 o coletivo de forró Catarina foi criado com a finalidade de fortalecer uma unidade entre os músicos do gênero, fornecendo cada vez mais alegria para o cenário do forró na ilha de Santa Catarina. A estreia do projeto aconteceu no dia 14 de dezembro e foi marcada por um festival de abertura da temporada de verão de Floripa, chamado 1º Festival Forró Catarina (com as bandas Mauê, Quarteto PédeCabra, VamoQVamo, Cabrobró e Jeito Paraíba) . Em 2019 o projeto deu uma nova guinada graças ao trabalho de Thálion Mibielli (da Casa do SambaAqui) e Leonardo Guimarães (do Quarteto PédeCabra), cresceu e se expandiu. O que era apenas uma data por semana variando entre quatro bandas, transformou-se em um projeto ambicioso de produção musical e cultural do gênero de forró. Hoje o Coletivo carrega um know how apurado de produção de festivais, produção local de bandas de SC, SP e PR e eventos em toda SC. Você pode conferir os eventos apoiados pelo Coletivo no Forró de Sambaqui - em Floripa e no Forró de Reboco - em Itajaí.

 

Toda sexta-feira, às 22h, alguma das bandas do Coletivo se apresenta. A noite ainda conta com as aulas de dança do professor Rafael Borges no início do evento.

Hoje, depois de tanto esforço e carinho dedicados, a Casa do SambaAqui tornou-se uma das principais referências em casas de Forró em Floripa e em Santa Catarina e o local mais indicado para quem gosta de praia, forró, samba, música boa, dança, cultura e diversão.

IMG_4014.jpg

Janayna Pereira na Casa do SambaAqui em março de 2019:

iNSCREVA-SE AQUI